Olá a todos. Faz muito tempo que não posto aqui e fico feliz em ver que o fórum ainda está de pé, ajudando outras pessoas igual me ajudou.

Não sabia direito onde postar o que vou dizer, por isso criei um tópico novo, mas caso haja algum de informações gerais deixo a moderação a vontade para mover ou trancar.

O que vou falar é algo importante, principalmente para quem ainda pudesse ter dúvidas sobre se há alguma transmissão de informação entre as embaixadas americanas ao redor do mundo e o POE (Ponto de Entrada=imigração em solo americano). Gosto bastante de assistir às séries do NatGeo e do A&E sobre o controle de imigração nos aeroportos mundo afora, e em um dos episódios do "Barrados na Fronteira-EUA" mostrou um caso que teve início em um fato aparentemente trivial, mas que quase teve sérias consequências para o viajante em questão.

Pois bem, a cena se passou salvo engano em ORD (Aeroporto Int'l O'Hare - Chicago), quando um Chinês foi pego mexendo no celular na fila da imigração, algo que bem sabemos é terminantemente proibido.

O fulano em questão foi então levado por um dos agentes do CBP para um balcão próximo à área de inspeção de bagagens onde foi deixado esperando por um outro agente, que provavelmente iria apenas dar uma dura nele por aquele deslize.

Infelizmente o rapaz, aparentemente ainda ser entender o que tinha feito de errado (mais tarde isso se provaria verdade), reclamou com um dos agentes do outro lado do balcão (que até então estava digitando algo que não deveria ter relação com ele) o porquê dele estar ali, ao que o agente respondeu que era por ele ter utilizado o celular em um local proibido.

Logo começou então o aperto do CBP sobre o jovem, um Engenheiro nas palavras dele. Começaram com as perguntas básicas (nome, idade, país, profissão) e então perguntaram sobre o motivo da viagem...O rapaz disse que estava indo para negócios/reuniões a mando da empresa em que trabalhava. A próxima pergunta foi por quanto tempo seria a viagem, e aí vem o desencontro de informações que quero chamar a atenção.

O rapaz disse ao agente que estaria lá por umas 5 ou 6 semanas, enquanto os agentes (havia chegado um segundo a pouco tempo e estava acompanhando o processo) estavam olhando atentos ao computador. De repente o agente olha sério pra ele e diz que o que ele está falando é mentira, que ele tinha dito ao Consulado dos EUA na China que a viagem dele seria de 22 dias e começa a questioná-lo o porque de ter essa diferença enorme entre o que ele disse lá na China e o que estava falando naquele momento no POE.

O pobre coitado contra-argumentou que a empresa dele havia dito inicialmente que seriam 22 dias mas que depois haviam mudado os planos, e que ele não sabia ao certo o quanto tempo teria de ficar por lá até pouco antes da viagem. Seguiu-se então aquela hora interminável de decisão entre os agentes, quando de repente toca o celular do passageiro (um alerta de mensagem) que mexe nele para ver o que é, disparando outra bronca imediata por parte do CBP.

Então veio o veredito: Eles deixaram o rapaz entrar, só que deram o visto somente pelos 22 dias que ele havia informado na embaixada, comprovando que o que nós falamos no consulado é visto pelos agentes de imigração na hora da entrevista de admissão.

Achei relevante destacar isso pois lembro que em algumas discussões aqui pelo fórum perguntava-se se o pessoal do POE tinha como ver o que foi dito na hora da entrevista para obtenção do visto. Isto deixou muito claro para mim de que sim, eles tem acesso à essa informação, o que por sua vez nos traz à três valiosas lições desse ocorrido:

1 - Desligue celulares e câmeras ao passar pela fila de imigração. Period.

2 - Não reclame com os agentes de ter de seguir algum procedimento (a situação escalou claramente quando o rapaz foi tirar satisfação com o agente).

3 - Cuide para não haver discrepâncias significativas entre o que responder aqui no Brasil x o que falado ao agente do CBP quando chegar no EUA, pois eles verão isso e martelarão nesse ponto.

Bem é isso, espero que isso possa ajudar a que possa se interessar. Abraços.

Last edited by ricardobs; 01/03/18 03:48 AM.